8 de set de 2011

Casamento à la francesa.

Ola, este fim de semana estive no casamento da minha amiga Graziella, uma cerimônia simples, emocionante e linda.
A Grazi é brasileira e se casou com um francês, eles fizeram uma cerimônia tipicamente francesa, com uma pitada da nossa alegria, o que deu todo o charme na hora da festa.
Alguns dias antes do casamento os noivos fazem a despedida de solteiro, que não tem nada à ver com a nossa despedida no Brasil. Aqui os amigos mais intimos do noivo se juntam à ele, o fantasiam e saem pelas ruas pedindo dinheiro e fazendo o noivo "pagar mico", com a noiva é a mesma coisa. A fantasia é sempre qualquer coisa muito ridicula, não é pra ninguém ficar bonito ou sexy, é pra zuar mesmo. 
Aqui na França, as noivas normalmente se arrumam em casa, uma cabeleireira vem para fazer o cabelo e maquiagem, elas não tem o dia da noiva como no Brasil, até porque a maioria dos casamentos são de manhã ou no começo da tarde.
Uma vez pronta, os noivos vão juntos à prefeitura da cidade, uma carreata os acompanham buzinando, todos os carros são decorados com fitas na mesma cor da decoração da festa;  la sera realizado o casamento no civil, ele pode ser celebrado pelo proprio prefeito ou por um representante legal. Nesta parte é como o casamento no cartorio, com apenas duas testemunhas, que não precisam ser necessariamente um casal, é super rapido.
Depois da prefeitura os noivos seguem até a igreja, esta parte acredito que seja como no Brasil, exceto os padrinhos, que são os mesmos da prefeitura, ou seja dois padrinhos para cada. O  que eu achei lindo no casamento da Grazi é que o padre fez a gentileza de ministrar o casamento em francês e em português, para que a familia da noiva compreendesse.
Quando o casamento no religioso termina, seguimos para o salão de festas para o aperitivo, no entanto não entramos, ficamos fora, no aperitivo é servido bebidinhas e comidinhas para os convidados, que (detalhe) ficam em pé.
Finalmente  chega a hora do jantar, depois do coquetel, alguns convidados vão embora e so ficam quem realmente foi convidado para jantar; sim isto aqui é normal e nem os noivos, nem os convidados ficam constrangidos.
Quando o salão de festas é aberto, podemos apreciar a decoração e os detalhes pensados pelo casal, os lugares da mesa são marcados com os nomes de cada convidado. Apesar de simples é tudo muito bem planejado.
Uma vez sentados, os garçons começam a servir o jantar; entrada, prato, salada e queijo e finalmente sobremesa tudo aconpanhado de um bom vinho. Durante o jantar, os amigos mais proximos fazem algumas brincadeiras, para animar ou simplesmente distrair os convidados entre um prato e outro. No caso do casamento da Grazi tivemos a sorte de termos uma amiga  que é dançarina oriental, ela nos prestigiou com duas danças, não preciso nem dizer que todos os homens ficaram babando neh, e muitas mulheres também. hhehhehe
Enfim, quando o jantar termina começa a festa, o DJ aumenta o som e o bicho pega kkkk. O chato é que as musicas de festa aqui na França são muito antigas, mas nada que um bom samba não resolva, afinal o casamento é franco- brasileiro, e na hora da dança a gente se garante.
Segundo a tradiçao francesa, os noivos são os primeiros a deixarem a festa, depois de algumas horas os amigos vão acorda - los com uma sopa de cebola e sempre fazendo farra, mas nao para por ai, a festa vai até amanhecer, la pelas 5 horas da manha é servido um brioche para os convidados, so depois o povo vai dormir, haja pique heim.
Quando a festa termina, algumas pessoas vão embora outras dormem por la,
Os noivos tiveram o cuidado de alugar uma casa, para aqueles que bebem mais nao precisarem dirigir, a casa ficava pertinho do local da festa.
No dia seguinte ainda tem um almoço, apenas pros mais intimos do casal e assim termina um fim de semana de festa e comemorações.
Peço desculpas se o post ficou longo, mas nao queria pular nenhum detalhe. Heheheh
Dedico este post  à Grazi e Stephane que nos proporcionaram um fim de semana maravilhoso, obrigada.
Deliciem -se com algumas fotos. 
Beijos até a proxima. 

Carro dos noivos

Prefeito da cidade.

Cerimônia religiosa

Saida da Igreja





Entrada

Sobremesa